Esta й a lei das ruas, filhos das putas(4X)
Levanta-te moзo, tas aн a fazer o quк?
O nosso povo sу se acredita naquilo que vк
No nosso bairro as estrelas nгo tкm brilho
Vocкs perdem o pio, porque o olhar destes putos й frio
Estrilho й o que vai na mente destes jovens
Pois o diabo apoderou-se da mente destes homens
A delinquкncia
Que reproduz
A criminosa
А velocidade da luz
Trocam-nos todos por charutos
Amigos, tornam-se Chibos e dгo-te migos
Sem dares por ela
Na viela
A rapariga mais bela
Era a maior cadela
E os otбrios como tu
Andavam todos atrбs dela
A fama
Todos a queriam meter cama
Por isso fodem-se uns aos outros
Para andar na boca do globo
Moзo,
Arranja mas й um projecto novo
Porque o gajo invejoso
Nunca virб a ser lнder do povo
Movimento e independente
Nova gaia faz frente
Trбs gente
Para quebrar a corrente
Da censura da indъstria
Porcaria oculta
A linguagem dura
Da mъsica da rua pura
Amadurecida com o tempo
Depois de passar fome
Debaixo de chuva e vento
И difнcil
Reconhecerem-te o talento
Enquanto vives
Mais fбcil serб talvez enquanto partires

Refrгo:
Este й o nosso projecto
Nгo te venhas meter
Nуs somos malucos, somos loucos
Tu cais aos poucos
Este й o nosso bloco
Julgas quк?
Se me falhas йs um gajo morto
Este й o nosso projecto
Foda-se nгo te venhas meter
Qual й a tua?
Fazemos isto como deve de ser
Nуs somos
Mъsica de rua pura
Como deve de ser
Pura

Rua, cada qual com a sua
Nem quilhхes tens para dar um passo na tua
Na boa
Ninguйm te julga pela roupa que usas
Qual й o fumo que fumas?
Rua, cada qual com a sua
Nem quilhхes tens
Para dar um passo na tua
Na boa
Ninguйm te julga pela roupa que usas
Qual й o fumo que fumas?

Esta й a lei das ruas, filhos das putas
Esta й a lei das ruas, filhos das putas
Esta й a lei das ruas, filhos das putas
Nуs temos potкncia
Falamos com inteligкncia
Esta й a lei das ruas, filhos das putas
Esta й a lei das ruas, filhos das putas
Esta й a lei das ruas, filhos das putas
Nуs temos potкncia
Falamos com inteligкncia

Mгos ao alto, esta merda й um assalto
Traz o povo e todo o resto e junta-te ao manifesto
Clнnico
Poder psнquico
Forte espнrito
Vives o que eu vivo?
Sentes o que eu digo?
Varejo o perigo
Faзo dele um amigo
E quando faz frio
Sinto-me mais sombrio
Nгo admira que me tomes por um gajo louco
Porque no fundo neste mundo
Somos todos um pouco

(Briga)

O pior cego
Й aquele que nгo quer ver
Nem sequer envolver
Na merda que estб a acontecer
Muitos sуcios em negуcios porcos
Maзos de notas, facadas nas costas
Gajos sem as postas e muito baleio
Tu йs independente mas sу por mкs e meio
Interesseiro atй o teu bolso ficar cheio
Sair um pato feio
Moзo, sabes que eu nгo entro no rodeio
Lembras-te de mim?
Sou verdadeiro
Nгo troco nenhum amigo por dinheiro
Porque acho isso foleiro
Cago na fama, porque a fama traz drama
Me troco todo pelo sufoco
Do porto
Sempre com sangue, lбgrimas e esforзo
Porque sinto esta merda de mъsica no corpo

Refrгo:
Este й o nosso projecto
Nгo te venhas meter
Nуs somos malucos, somos loucos
Tu cais aos poucos
Este й o nosso bloco
Julgas quк?
Se me falhas йs um gajo morto
Este й o nosso projecto
Foda-se nгo te venhas meter
Qual й a tua?
Fazemos isto como deve de ser
Nуs somos
Mъsica de rua pura
Como deve de ser
Pura
Este й o nosso projecto
Nгo te venhas meter
Nуs somos malucos, somos loucos
Tu cais aos poucos
Este й o nosso bloco
Julgas quк?
Se me falhas йs um gajo morto
Correct  |  Mail  |  Print  |  Vote

Lei Das Ruas Lyrics

Dealema – Lei Das Ruas Lyrics