Os livros da nossa escola sempre esconderam a cara
Sу nos mostravam a coroa dessa moeda roubada
Monopуlios e banqueiros em Бfrica como aqui
Quanto mais exploram lб mais forзa tкm contra ti

Tantas mentiras falsas doutrinas
Disciplinas inъteis e impigidas
Comungado como julgo
Estes putos sгo tratados tipo escravos condenados ao
Lucro
E crescem como o ramo morto
De uma economia que os guia para o trabalho e para o
Matadouro
Nгo existem miъdos burros
Apenas educaзхes estupidas e alunos cheios de dъvidas
Caga na religiгo e moral
Dou-te alimentaзгo e orientaзгo espiritual
Apуs a morte lutadores conhecem o criador
Longe do sangue e do mal
De volta ao mais alto ideal
Temos de continuar a manter o sonho vivo
Nгo tбs sozinho eu estou contigo
Tu йs divino, eu sou divino
Ninguйm tem de ser escravo do destino
Eu acredito...
Abrimos estradas nunca antes percorridas
Nгo nos limitamos a seguir pegadas doutros indнviduos
Agarrar opurtunidades
Crescer em forзa com toda a dignidade somos criativos
Esta й a nossa anatomia
Feitos de sonhos desejos nгo somos mercadoria
Crianзas tкm de viver sem medos
Com esperanзas em falsos deuses e a natureza como
Alianзa
Qual й a diferenзa entre a sala de aula e a cela?
Й quase igual, uma jaula e uma janela
A nossa causa nгo irб provar a derrota
E esta luta significa agora mais do que nunca
Temos de continuar a manter o sonho vivo
Nгo tбs sozinho eu estou contigo
Tu йs divino, eu sou divino
Ninguйm tem de ser escravo do destino
Eu acredito na liberdade
Juntos vamos criar um sнtio mais propнcio a
Felicidade
Nгo й o enpobrecimento que causa movimento mafioso
Nos bairros e guettos urbanos gangs organizados
Os nossos manos na prisгo quando saiem nгo hб
Reinserзгo
Lidam com a exclusгo
Olhando o vazio de coraзгo frio
Tremendo mentalmente
Parece que ainda estгo lб dentro
Tб tudo a toa meu irmгo
Nгo te vou enganar e aclamar que tбs na boa
Й tudo bom, porque a minha vida que estб em jogo aqui
A minha famнlia que estб em jogo aqui
Um dos meus poucos prazeres й defender
Com unhas e dentes os meus
Deus me perdoe se tiver de matar
Mano eu morro aqui

Temos de continuar a manter o sonho vivo
Eu acredito na liberdade
Temos de continuar a manter o sonho
Acredita na tua capacidade

Temos de continuar a manter o sonho vivo
Eu acredito na liberdade
Temos de continuar a manter o sonho
Acredita na tua capacidade
Correct  |  Mail  |  Print  |  Vote

Anatomia Do Espirito Lyrics

Dealema – Anatomia Do Espirito Lyrics