Eu tenho um certo gozo em ver-te contente
Já sei que o meu sentimento é banal
Mas nem por isso o que eu digo
A meu ver é menos importante

À s vezes apetece-me oferecer-te um presente
Mas nem sempre calha
E quando calha é quase sempre
Aparentemente insignificante

Por exemplo gostava de te dar uma paisagem
Com camelos e mar ao fundo
Maravilhosa e serena
Tranquilamente estimulante

Mas como pintor sou um desastre
E como economista ainda mais decepcionante
Mesmo assim eu insisto em fazer parte
Do teu mundo

O boletim meteoroló gico anunciou calor
Nã o vou duvidar
Faz sentido no meu sistema solar

Imagina que eu sou um ilusionista
Que arranca coisas do chã o, do chapé you, do coraçã o
Talvez assim vejas em mim um homem novo
Todo elegante

O que na verdade sou e a verdade
Pode ser elevada à coisa sonhada
Reinventada por muito se querer
E eu quero ser o teu amante

Desta vez vou construir uma cama de espuma
Adequada à funçã o de voar
Com limpa-pá ra-nuvens
Mesmo à altura do teu olhar

Se for preciso um pá ra-quedas arranjamos
Uns milagres em bom estado prontos a usar
Se achares que nã o valeu a pena, aí lamento
Mas nã o posso mesmo concordar

O boletim meteoroló gico anunciou calor
Nã o vou duvidar
Faz sentido no meu sistema solar
Faz sentido no meu sistema solar
Correct  |  Mail  |  Print  |  Vote

Boletim Metereologico Lyrics

Jorge Palma – Boletim Metereologico Lyrics