Eu tenho um amigo meu
Que vem de São Braz
Bem podia ser Ilhéu
Da terra que o fogo faz
À porta do teu olhar
Não precisa de saber
Sabe o que é o teu pensar
Só pelo bater

Ele é o Rapaz Pendular
É da Terra é do mar
É da cor, é da luz dos teus olhos
Ele está em todo o lado
Esta no meio deste verso
É um ponto, uma espera,
No teu universo

Um dia olhou para o céu
Entre as estrelas esgueirando
O que um dia era seu
Com a mão tocando
Dá sentido aos teus cristais
No teu deserto de água
Sabe ler os teus sinais
Lagrimas de mágoa

Ele é o Rapaz Pendular
É da Terra é do mar
É da cor, é da luz dos teus olhos
Ele está em todo o lado
Esta no meio deste verso
É um ponto, uma espera,
No teu universo

A guerra também o mata
A fome também o sente
Se não atá nem desata
Fica mudo e doente
Chora por que vê chorar
Sempre que alguém a seu lado
Sofre apenas por amar e não ser amado

Ele é o Rapaz Pendular
É da Terra é do mar
É da cor, é da luz dos teus olhos
Ele está em todo o lado
Esta no meio deste verso
É um ponto, uma espera,
No teu universo
Correct  |  Mail  |  Print  |  Vote

O Rapaz Pendular Lyrics

Filarmónica Gil – O Rapaz Pendular Lyrics

More Filarmónica Gil lyrics