Como garranos num prado
como crianas no recreio
sem culpa sem pecado
sem decoro nem asseio
como cometas lustrosos
numa overdose de luz
como dois cristos formosos
juntos e ao vivo na cruz
fomos amantes sem freio
na curva dos dias
derrapando sem receio
na triste curva dos dias
como um poente na praia
em queda livre de Outono
como o danarino da noite
cheio de fumo a de sono
como o sonho adolescente
que embate no mar real
ao ver a paixo ardente
perder-se no areal
fomos amantes sem freio
na curva dos dias
derrapando sem receio
na triste curva dos dias
como o acto teatral
da pea que tudo diz
um Shakespeare total
onde ningum fica infeliz
porque o amor se cansou
acabar ento o preo
s a tragdia bonita
s ela traz outro comeo
fomos amantes sem freio
na curva dos dias
derrapando sem receio
na triste curva dos dias
Correct  |  Mail  |  Print  |  Vote

I'm Free Lyrics

Clã – I'm Free Lyrics