Projota - Cada Um Com Seus Problemas lyrics | LyricsFreak
Correct  |  Mail  |  Print  |  Vote

Cada Um Com Seus Problemas Lyrics

Projota – Cada Um Com Seus Problemas Lyrics

Ninguém vai te vender o céu, mais vão dizer que sim
Quem não tem pneu novo remenda com michelin
No fim , é tudo por din, acredite
Nas quebrada tem história pra mais 500 tropa de elite

Seu sonho é pagar o aluguel, o deles é ter milhões
O seu suor financia o prazer dos figurões
Desde aqui do lauzane até o prelo
Eles camuflaram o chicote,
Mudaram o nome de escravo pra trabalhador
E se o parasita é quem suga energia de outro organismo
O homem contra o planeta é o maior parasitismo

Quem tem, tem motivo pra lutar
Todos tem motivos, só basta estar vivo
Só falta o motivo pra enxergar

E agora finge que ta tudo bem
Dão cota pra favela,
Kit miséria , que mal suja o fundo da panela

Nem tudo que dizem serve pra nós
Se cão que late não mordesse, pitt bull não tinha voz

Eu faço a minha parte, da luta pela vida to disposto a morrer
Guiado por deus, vigiado por vermes
Porcos vão atras de você
Me livrei das algemas
Andei, andei, andei...
Agora é com você
Porque esse mundo é cruel
E aqui longe do céu
Não tema...
É cada um com seus problemas...

Poucos tão lá quando seu olho lacrimeja
Muitos tão lá quando tem carne , whisky e cerveja

Se é cada um por si, perdemos dessa vez
Cada um por si que cairão cada um de uma vez

Falam de humanidade, humanidade é quem ?
Humanidade é nós,
Então sou eu também, e é você tambem.

Quantos egos infláveis estouraram e derrubaram pessoas descartáveis ?
E vão dizer que todo mundo é igual,
Mais meu povo mal tem o ensino fundamental.

Me diz qual problema afeta mais você?
Correram atras do Osama e o Maluf nem precisa se esconder.
Mais o terror que eu vejo por aqui,
Não é ninguem atacando o povo,
É meu povo se atacando entre si

Dizer que o bem sempre vence a história
O mal venceu faz tempo, e a tempos segue brindando a própria glória

Diário de um detendo 2
O mundo é a cela,
Quem morrer antes volta e conta se levou sequela

Não tem vilão quando todo mundo ramela
Até sua sombra que ta sempre contigo direto pisa nela

Uns vão de bobojaco e outros seguem de terno
Gladiadores do mundo moderno
Sorrir aqui é um copo d'água no inferno
Então de gole em gole, engole devagar pra parecer eterno

Eu faço , a minha parte da luta pela vida to disposto a morrer
Guiado por deus, vigiado por vermes
Porcos vão atras de você
Me livrei das algemas
Andei, andei, andei...
Agora é com você
Porque esse mundo é cruel
E aqui longe do céu
Não tema...
É cada um com seus problemas.
Share lyrics
×
Songwriters: Carlos Henrique Benigno, Jose Tiago Sabino Pereira
Cada Um Com Seus Problemas lyrics © Universal Music Publishing Group, BMG Rights Management

LyricFind
Lyrics term of use

Cada Um Com Seus Problemas comments