Marcelo D2 - Stilo lyrics | LyricsFreak
Correct  |  Mail  |  Print  |  Vote

Stilo Lyrics

Marcelo D2 – Stilo Lyrics

Vou me vestir, eu vou sair
Hoje tô no estilo e pá
Sem trocadilho mas tô muito afim de me arrumar
Estilo eu ostento, é tipo o meu talento
É por isso que olham pra mim
Agora sim, entendo

O meu estilo é pesado
Correntão, lupa louca, é
Se zoar o cabelo, eu então uso o meu boné
E nem vou falar do boot louco que 'tá no meu pé
Na verdade cada um se veste como pode e quer

Não ligo para as marcas
Isso eu não me importo
Meu estilo marca, os kits bons eu porto
Copo na minha mão, um drinque bom eu corto
Vejo os curiosos com os seus olhares tortos
Estilo legítimo, elegante eu tô
Às vezes futurístico, às vezes tô retrô
Jeans como Rock 'n' Roll, Hendrix, Janis
O conselho bom eu dou, nunca sapatênis

É que tudo começou com boné dos Raiders
De cordãozão, bombojaco e com o cabelo fade
Depois de black power e calça larga
Não é camisa de basquete e com Air Force no pé
É que estilo 'cê não compra, ele nasce com a gente
Haja o que houver, nunca pise no meu tênis
E não importa meu compadre, se é de noite ou de dia
Que vagabundo com estilo é sempre na picadilha

Total black, calça preta, bombeta
No frio eu vou pra noite de touca ou jaqueta
Canta aquele rap, nossa função
Dança aquele break, é, nossos irmãos
Jet de caranga, nóis é pesado
Nos alto-falantes é rap, 'cê 'tá ligado
Periferia, é estilo black
Cada um na sua, mas nóis é rap

O meu estilo é pesado
Correntão, lupa louca, é
Se zoar o cabelo, eu então uso o meu boné
E nem vou falar do boot louco que 'tá no meu pé
Na verdade cada um se veste como pode e quer

Mano Thaíde fez o convite pro rolê
Já separei meu melhor kit, vamo aê
Boot, pisante, pisa fofin'
Em qualquer quebrada eu vou chegar no sapatin'
Bom, pra mim 'tá sempre bom
Eu tô na rua de bombeta e moletom
Hey DJ, play the song
L Cool J, I'm bad, Jay Z, Tom Ford, Cesão
Cinquenta bonés numerados
Vendidos em cinco minutos é recorde, irmão

Eu tô no porte, irmão
Firma 'tá forte, então
No estúdio recording
'Tá aí, mais uma canção
O meu cabelo platinado, minha parede também
Sou convidado do Thaíde, aqui é o Black Alien
E falando de estilo
Ou tu tem ou não tem
Aqui tu sabe que é aquilo
Só visto o que cai bem
Um paletó de linho sobre camisa do Led
Ocasião faz o ladrão e meu irmão essa pede

Porque eu chego logo é de chapéu de palha
Macho preto, o couro da sandália
Estilo próprio eu retalho preparado pra batalha
Cultura nordestina que se espalha
Com a cabaça adaga nesse pau-de-arara
Com o bucho em paz (sem luxo a mais)
Caboclo é fruto bruto pai (isso não sai)
Mesmo se não tem muito custo, curta, good vibe
Sem matuta, insulto aos putos, good bye

Com essa moda que criaram e modificaram
Todos copiaram e se limitaram
Desumanizada foi assim manipulada
Vários funcionários, caros empresários
Que roubaram os salários dos honorários
Para você todo padrão para soltar a voz
Speed contínuo que se sobressai (muito mais veloz)
Espírito visto e roupa cai no fundo do algoz
Empírico lírico aqui extrai (o imposto a nós)

O meu estilo é pesado
Correntão, lupa louca, é
Se zoar o cabelo, eu então uso o meu boné
E nem vou falar do boot louco que 'tá no meu pé
Na verdade cada um se veste como pode e quer

Pode crer, estilo não é o que você pode comprar
E sim como você usa o que tem
E mesmo de chinelo de dedo, se tiver proceder
É bem-vindo ou bem-vinda também
Share lyrics
×
Songwriters: Altair Gonçalves
Stilo lyrics © Sony/ATV Music Publishing LLC

LyricFind
Lyrics term of use

Stilo comments