Nкga Jurema veio descendo a ladeira
Trazendo na sua sacola um saco de Maria tonteira
E a mulecada avisou a rua inteira:
"vem correndo que a feira jб estб pra comeзar"
"Mas olha as nъvens esse tempo nгo ajuda
Pelo menos as minhas mudas eu jб sei que vгo brotar",
Dizia a Nкga quando vieram os soldados
Se dizendo avisados e comeзaram a atirar
Pois foi Antфnio, filho de Josй Pereira,
Que no meio da bagaзeira olhou pro cиyou e a rezar
Pedia para Santo Antфnio, Sгo Pedro ou Padim Cнcero
Ou pros filhos do Caniзo que viessem ajudar
Foi no pipoco do trovгo
Que se armou a confusгo e ninguйm pфde acreditar
Que aquilo fosse verdade foi por toda a cidade,
Cresceu em todo lugar
Na igreja das alturas, barzinho, prefeitura,
No engenho de rapadura nasceu mato de fumб
E foi com a santa malнcia
Que driblou-se a polнcia
E fez a guerraacabar
FumК fumБ
Nгo й flor do intestino й um matinho nordestino
Que a senhora vai queimar
Faz um bem pra diarrйia para o vйio e para a vйia,
Faz o morto suspirar
Faz um bem para as artrites, febre ou conjuntivite
Faz qualquer mal se curar
CumК cagБ
VivК fumБ
Sгo as leis da natureza e ninguйm vai poder mudar.
Correct  |  Mail  |  Print  |  Vote

Nga Jurema Lyrics

Raimundos – Nga Jurema Lyrics

Songwriters: ABRANTES, RODOLFO / CAMPOS, RODRIGO / PEREIRA, JOSE / CASTRO, FREDERICO
Nga Jurema lyrics © Warner/Chappell Music, Inc.

LyricFind
Lyrics term of use