She don't wander in, don't wander in here, she
She don't wander in here, don't wander in here
The direction of the eye, so misleading
The defection of the soul, nauseously quick
I don't question our existence
I just question our modern needs
She don't wander in, don't wander in here, she
She don't wander in here
I will walk with my hands bound
I will walk with my face blood
I will walk with my shadow flag into your garden, garden of stone
And I don't want it

After all is done and we're still alone
I won't be taken, yet I'll go with my hands bound
I will walk with my face blood
I will walk with my shadow flag into your garden, garden of stone

I don't show, I don't share
I don't need, yeah, what you have to give

I will walk with my hands bound
I will walk with my face blood
I will walk with my shadow flag into your garden, garden
I will walk with my hands bound
I will walk into your garden, garden of stone

I don't know, I don't care
I don't need, yeah, the need to live
Mail  |  Print  |  Vote

Garden Lyrics

translated from English to Portuguese

Pearl Jam – Garden Lyrics

Translation in progress. Please wait...

Ela não vagar, não vagar em aqui, ela
ela não vagar em aqui, não ando em aqui
a direção do olho, tão enganosa
a deserção da alma, nauseously rápida
eu não questiono a nossa existência
eu só questão de nossas necessidades modernas
ela não vagar, não vagar aqui, ela
ela não vagueie aqui
eu andarei com meu limite de mãos
eu andarei com meu sangue de cara
eu andarei com minha bandeira de sombra em seu jardim, jardim de pedra
e eu não quero

afinal é feito e estamos
ainda sozinho, eu não vou tomar, mas eu vou com as minhas mãos vinculados
eu andarei com meu sangue de cara
eu andarei com minha bandeira de sombra em seu jardim, jardim de pedra

eu não mostrar, eu não compartilho
não preciso, sim, o que você tem que dar

eu andarei com minhas mãos vinculados
eu andarei com meu sangue de cara
eu andarei com minha bandeira de sombra em seu jardim, jardim
eu andarei com meu limite de mãos
eu andarei em seu jardim, jardim de pedra

não sei, eu não cuidados
não preciso, sim, a necessidade de viver