(Dado Villa-Lobos / Renato Russo / Marcelo Bonfб)
Se dez batalhхes viessem а minha rua
E vinte mil soldados batessem а minha porta
А sua procura
Eu nгo diria nada
Porque lhe dei minha palavra
Teu corpo branco jб pegando pкlo
Me lembro o tempo em que vocк era pequeno
Nгo pretendo me aproveitar
E de qualquer forma quem volta
Sozinho p'rб casa sou eu
Sexo compra dinheiro e companhia
Mas nunca amor e amizade, eu acho
E depois de um dia difнcil
Pensei ter visto vocк
Entrar pela minha janela e dizer
- Eu sou a tua morte
Vim conversar contigo
Vim te pedir abrigo
Preciso do teu calor
Eu sou
Eu sou
Eu sou a pбtia que lhe esqueceu
o carrasco que lhe torturou
o general que lhe arrancou os olhos
o sangue inocente
de todos os desaparecidos
O choque elйtrico e os gritos
-Parem por favor, isso dуi
Eu sou
Eu sou
Eu sou a tua morte
Vim lhe visitar como amigo
Devemos flertar com o perigo
Seguir nossos instintos primitivos
Quem sabe nгo serгo estes
Nossos ъltimos momentos divertidos?
Eu sou a lembranзa do terror
De uma revoluзгo de merda
De generais e de um exйrcito de merda
Nгo nunca poderemos esquecer
Nem devemos perdoar
Eu nгo anistiei ninguйm
Abra os olhos e o coraзгo
Estejamos alertas
Porque o terror continua
Sу mudou de cheiro
E de uniforme
Eu sou a tua morte
E lhe quero bem
Esqueзa o mundo, vim lhe explicar o que virб
Porque eu sou, eu sou, eu sou
Correct  |  Mail  |  Print  |  Vote

La Maison Dieu Lyrics

Legiao Urbana – La Maison Dieu Lyrics

Songwriters: LOBOS, EDUARDO DUTRA VILLA/BONFA, MARCELO AUGUSTO
La Maison Dieu lyrics © EMI Music Publishing, Sony/ATV Music Publishing LLC

LyricFind
Lyrics term of use