Ai tristeza
Eu jurei
Por nunca mais cantar o fado

Foi por fineza
Que o calei
Por amor ao meu namorado

O fado й mau
Corrompe a alma com demуnios,
Manjericos, Santo Antуnios
Amores vagos e episуdios
De faca e alguidar
Ainda para mais й um negуcio
De direita
Que esta malta aproveita
Para se vangloriar

Fica sentada no teu cantinho!"
- diz-me assim, com carinho,
Meu amor, para nгo cantar
Meu amor, mas o destino
Nгo se roga e fez ouvidos
Moucos, ao que eu fiz jurar,
Aqui me tens a confessar:
Foi apenas o destino
Que й cruel e pequenino
E nos quis vir separar...

Ai tristeza,
Podem ver
Quebrada aqui jб a promessa

E esta voz
Canta a doer
Sem fado nem amor, que resta?

O fado nгo й mau
Nгo й um crime ou um defeito
й um emaranhado de cordхes
Que nos entrelaзa o peito
E precisa de ser solto
Corre o risco de sufoco
Quem prende o fado na voz
E anda ali com aqueles nуs

A apertarem na garganta
й mais rico aquele que o canta,
Pobre, quem lhe dб prisхes
Tu e eu nгo somos dois
Meu amor, tens de pensar
Que isto й pegar ou largar
Sгo estas as condiзхes:
Tu e eu e as canзхes
Um peito que canta o fado
Tem sempre dois coraзхes!
Correct  |  Mail  |  Print  |  Vote

O Fado Não é Mau Lyrics

Deolinda – O Fado Não é Mau Lyrics