Em cima daquele morro
Passa boi, passa boiada,
Passa boiada.
Tem movimento paca!
Tem movimento paca!

Em cima daquele morro
Passa boi, passa boiada,
Passa boiada.
Tem movimento paca!
Tem movimento paca!

Paca, tatu, cotia, nгo,
Paca, tatu, cotia, nгo,
Nгo tem na serra nгo.
Ah, porque nкgo mata!
Ah, porque nкgo mata!

Paca, tatu, cotia, nгo,
Paca, tatu, cotia, nгo
Nгo tem na serra nгo.
Ah, porque nкgo mata!
Ah, porque nкgo mata!

Joguei uma pedra nбgua,
De pesada, foi ao fundo
E foi ao fundo
E ninguйm disse nada!
E ninguйm disse nada!

Joguei uma pedra nбgua,
De pesada, foi ao fundo
E foi ao fundo,
E ninguйm disse nada!
E ninguйm disse nada!

Tubarгo, peixe, piaba,
Tubarгo, peixe, piaba,
Nгo respondem nгo.
Ah, se nгo, nкgo mata!
Ah, se nгo, nego mata!

Tubarгo, peixe, piaba,
Tubarгo, peixe, piaba,
Nгo respondem nгo.
Ah, se nгo, nкgo mata!
Ah, se nгo, nкgo mata!

Batatinha, quando nasce,
Esparrama pelo chгo,
Esparrama nгo!
Ah, porque nкgo cata!
Ah, porque nкgo cata!

Batatinha, quando nasce,
Se esparrama pelo chгo,
Esparrama nгo,
Ah, porque nкgo cata!
Ah, porque nкgo cata!

E passarada passa o arado,
E passarada passa o arado,
E nada vem do chгo,
Ah, porque nкgo rapa!
Ah, porque nкgo rapa!

E passarada passa o arado,
E passarada passa o arado,
E nada vem do chгo,
Ah, porque nкgo rapa!
Ah, porque nкgo rapa!

E nкgo mata caititu,
Mata jacu, jaу,
Paca, tatu, maracajб,
No jacб de cipу.
E taca o tiro, e taca a faca,
A faca fere a fera!
Onde a inteligкncia impera
Й que se dб coisa pior:

E morre a fauna e nгo se ouve
O sabiб cantando!
E morre a flora e nгo se vк
A flor desabrochando!
E nгo se escuta mais o ronco
Daquela cascata!
Й o fim da vida, й o fim da бgua,
Nкgo tб matando a mata!

Por cima daquele morro
Passa boi, passa boiada,
Passa boiada.
Tem movimento paca!
Tem movimento paca!

Paca, tatu, cotia, nгo,
Paca, tatu, cotia, nгo,
Nгo tem na serra nгo,
Ah, porque nкgo mata!
Ah, porque nкgo mata!

Joguei uma pedra nбgua,
De pesada foi ao fundo
E foi ao fundo,
E ninguйm disse nada!
E ninguйm disse nada!

Tubarгo, peixe, piaba,
Tubarгo, peixe, piaba,
Nгo respondem nгo,
Ah, se nгo, nкgo mata!
Ah, se nгo, nкgo mata!

Batatinha, quando nasce,
Esparrama pelo chгo,
Esparrama nгo,
Ah, porque nкgo cata!
Ah, porque nкgo cata!

E passarada passa o arado,
E passarada passa o arado,
E nada vem do chгo,
Ah, porque nкgo rapa!
Ah, porque nкgo rapa!

E morre a fauna e nгo se ouve
O sabiб cantando!
E morre a flora e nгo se vк
A flor desabrochando!
E nгo se escuta mais o ronco
Daquela cascata!
Й o fim da бgua, й o fim da vida,
Nкgo tб matando a mata!

Nкgo tб matando nego,
Nкgo tб matando a mata,
Nкgo tб matando a mata.
A mata, nego, nego, mata!
Nкgo mata a mata.

Ф, nego! Ф, nкgo!
O nкgo, nкgo, nкgo mata,
O nкgo mata, nкgo mata,
Nкgo tб matando a mata,
Nкgo tб matando nкgo!
Nкgo mata a mata.

Ф, nego! Ф, nкgo!
Ф nкgo, nкgo,
Nкgo tб matando a mata,
Nкgo tб matando a mata!...
Correct  |  Mail  |  Print  |  Vote

Em Cima Daquele Morro Lyrics

Arnaud Rodrigues – Em Cima Daquele Morro Lyrics

More Arnaud Rodrigues lyrics